VOCÊ CARREGA O NÚCLEO DA CRIAÇÃO – ACHA POUCO?

Por Fátima D’Agostino

22 de abril de 2021

Estamos em transição, é facto. Não há como negar a desestruturação global dos sistemas de organização social. Como formigas sem casa, corremos pra lá e pra cá em bando e acessamos tantas informações que nem sabemos mais discernir o que acreditamos ou não.

Essa mudança atinge vários níveis da existência porque não são apenas nas estruturas sociais, mas também na estrutura política, econômica e biológica. E todos os seres vivos do planeta carregam no DNA o registro que originou a vida no planeta. Somos unidades interligadas.

Para não ficar oscilando entre a alegria e o desânimo com informações lineares, algumas até irresponsáveis, sobre a transição que estamos imersos, pergunte-se: Sinto medo de que?

Novos desafios, mudanças de hábitos? Deixar de existir depois da morte, deixar as pessoas, lugares ou não ter como sobreviver? Saiba que esses medos não impedem a evolução. O que impede a evolução, e consequente expansão da consciência, é o apego à história pessoal que construímos para nos defender e nos manter seguros e protegidos.

Não te parece insano resguardar-se atrás de crenças e reagir aos estímulos externos, sendo que as mudanças ocorrem dentro de nós e depois se manifestam na realidade? Se o medo natural que carregamos impedisse a evolução, estaríamos ainda na fase Homo habilis. A evolução, tanto nossa quanto planetária e universal, independe da nossa vontade, mas queremos ver resultados imediatos na realidade.

O tempo cósmico não é o mesmo que regula nossas atividades diárias. Ouvimos falar de transição planetária e queremos abrir a janela na manhã seguinte imaginando ver outra paisagem ou o sol central de Alcione. Nem aceitamos, ainda, que somos mestres, mas acreditamos ser aprendizes ou trabalhadores da luz, seja qual nome quiser usar. Essa crença é o que moveu a espécie humana, a vitimização, e separou pessoas entre merecedoras e pecadoras.

Com tanta informação que surge, me pergunto: como uma espécie que tem o poder de destruir um planeta não se sente capaz de regenerá-lo e aguarda seres galácticos ou fluxos de energia para consertar o que nós destruímos? Aprendizes percebem o caos, mas não se sentem parte porque não se responsabilizam pela obra. Percebe, agora, o tempo que levará para que um novo paradigma se estabeleça em nosso planeta?

Qual o sentido da existência?

Queremos dar sentido à existência, produzindo. No fazer estão incluídas as tentativas de trocar crenças, a busca de sentido filosófico para a vida, a justificativa sobre certo e errado, o crescimento pessoal, os julgamentos, entre outros rituais esotéricos para ancorar um sentido.

Não nos esvaziamos de todas as crenças porque para acessar o Ser, temos que abrir mão da identidade que criamos, não afastando pessoas e rompendo compromissos, mas, sentindo tudo como é e não como queremos que seja.

Não percebemos que respirar nos enraíza na Terra e nutre a existência temporal, que é o que somos aqui. Não é preciso buscar sentido, origem galáctica, porque somos a vida e estar aqui é ser pautado pelo Tempo: não há como escapar desse fluxo. Sabemos que vamos morrer, mas economizamos vida e obstruímos o fluxo para ganhar mais tempo. Para fazer o que?

Ser, é reconhecer a interligação com tudo que existe, além da compreensão, e participar dos acontecimentos sem envolvimento emocional. Reconheça e libere, em você, as emoções e crenças que postergam a evolução coletiva. O tempo segue transformando e transmutando, incessantemente. Seja o mestre alquimista, pois você carrega o núcleo da criação dentro de si. Acha pouco?

Hoje, você é humano, então, esteja aqui inteiro, agora, honre esse milagre com ações colaborativas!

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Livro Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Instagram – https://www.instagram.com/blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet,
Psicogerador e Frequência de Cura Arco Iris – lecocqmuller@gmail.com
Fátima D’Agostino – fatimadagostino@gmail.com

LUZ!
STELA

Fonte: De Coração a Coração

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.