RESPONDENDO AO CHAMADO DE SERVIR COM OS SEUS DONS, TALENTOS E HABILIDADES

Por Jennifer Hoffman

16 de Setembro de 2021

Acho que a coisa mais difícil de lidar agora é a falta de sono – tenho acordado das 3 às 5 da manhã todas as noites nas últimas duas semanas. Eu sei que muitos de vocês também. Estamos fazendo muito trabalho energético agora, então, descanse quando puder, mantenha-se hidratado e esteja ciente de suas limitações de energia ao lidar com pessoas e o que está acontecendo no mundo agora.

O artigo desta semana se refere ao chamado para servir, que é o seu convite para começar a compartilhar os seus dons, talentos e habilidades. Não se limita às coisas espirituais, você pode servir em um emprego, um novo local, um relacionamento – há muitas maneiras pelas quais compartilhamos nossa luz com os outros, então tente não colocar nenhuma expectativa nisso. É um tópico muito actual e é o artigo da mensagem desta semana.

Nosso chamado para servir não é um decreto a ser cumprido pelo universo. É parte da missão maior da nossa alma com a qual viemos e quando recebemos o chamado, que pode chegar de muitas maneiras diferentes, é apenas uma activação desta missão e um sinal para começarmos nesse caminho.

Agora, isso não significa que não temos escolha, temos, até certo ponto. E podemos ignorar, negar ou fingir que não estamos ouvindo. Podemos não estar prontos naquele momento, podemos precisar de mais tempo para ajustar nossas crenças a fim de acomodá-las, podemos pensar que simplesmente não somos a pessoa certa para o trabalho (como eu) e precisamos de um pouco mais de incentivo.

Mas o ponto principal que quero enfatizar é que esse chamado para servir não é uma ocorrência aleatória, é um convite para entrar mais em nosso poder e divindade e começarmos a expandir a nossa energia. Já temos os dons, talentos e habilidades de que precisamos para atender ao chamado para servir, tudo o que temos a fazer é começar e provavelmente você está fazendo isso agora, mesmo que não saiba.

Isso tem um custo e eu acho que ao nível da alma sabemos disso, e é por isso que resistimos ou negamos que é o momento de servirmos. Nosso chamado para servir exige fé e confiança, em nós mesmos e no Universo.

Não podemos escapar dos desafios e provações que os outros experimentam. Na verdade, muitas vezes temos que experimentá-los para que possamos aprender a ter compaixão e ajudar aqueles que sofrem, que estão feridos e que se perderam. Uriel sempre diz que ensinamos a partir do que sabemos, então o que vivenciamos se torna nossa plataforma para inspirar os outros.

Mas o que é este chamado? Você pode pensar que é algum tipo de mensagem divina que você recebe que lhe diz o que fazer da sua vida, qual é o seu próximo passo e lhe entrega uma lista de tarefas a serem realizadas. Não, é um convite para se abrir para a missão de sua alma e deixar sua luz brilhar mais intensamente. E, às vezes, isso entra em conflito com o que pensamos que deveríamos estar fazendo, poderíamos fazer e desejaríamos fazer com nossas vidas.

Às vezes, nosso chamado para servir significa que temos que desistir do que pensávamos ser o caminho certo para nós, em troca do caminho que nossa alma aceitou como parte de sua missão nesta vida. Isto foi verdade para mim. Embora eu tivesse grandes sonhos de uma carreira nos negócios e na tecnologia, um chamado do Arcanjo Uriel em Outubro de 2003 mudou tudo isso.

Meu objectivo de carreira era me tornar “a vice-presidente sênior de um grupo em uma empresa”. Parece bom, não é? E eu tinha as credenciais para isso. Antes de responder ao pedido do Arcanjo Uriel para me tornar uma mestre espiritual e mentora em 2003, eu tive uma carreira nos negócios e na tecnologia, trabalhando em uma variedade de empresas, especializando-me em análise de negócios, design e implementação de software, gerenciamento de projecto técnico e uma especialista no assunto em eficiência, design e implementação de sistemas.

Embora estivesse lutando contra a mudança em minha carreira, eu sabia que algo estava acontecendo a partir de 1999, porque comecei a passar por demissões. Isto não é incomum no campo da tecnologia, mas estava acontecendo muito comigo. Todas as empresas para as quais trabalhei, sem excepção, foram vendidas, fundidas ou passaram por uma reorganização drástica que levou a enormes demissões enquanto eu trabalhava lá.

Uma vez comecei a trabalhar para uma empresa e ela foi comprada na semana seguinte. Depois, trabalhei sem gerente ou departamento real por 3 meses. Fiquei ocupada procurando pessoas que precisassem de ajuda, mas claramente minha carreira e meu chamado para servir estavam em rota de colisão. E eu sabia, mas não sabia como, ou quando, isso iria acontecer.

E mesmo que o chamado para servir do Arcanjo Uriel tenha chegado em Outubro de 2003, o verdadeiro ponto de decisão final viria mais tarde. Veio em Julho de 2007. Mais informações sobre como isso aconteceu em alguns minutos. Voltemos ao início, à minha primeira experiência com meu chamado para servir.

Atender ao chamado ou prestar serviço aos outros não significa que não temos nenhuma contribuição ou controle sobre como isso é feito. Eu sabia que me pediram para fazer algo importante uma vez que descobri quem era o Arcanjo Uriel (procurando por Ele na internet), mas eu tinha minhas reservas sobre como isso deveria ser feito.

Por um lado, eu não gosto de andar descalça, então isso não iria funcionar para mim. Eu também tinha meu próprio senso de moda e não concordaria em usar roupas de estilo cigano ou mantos esvoaçantes. E eu tenho um certo estilo de vida que queria manter e que não iria mudar.

O que quero dizer aqui é que às vezes pensamos que, quando somos chamados para servir, temos que desistir de tudo para fazê-lo. Pense nisso como um acréscimo à sua vida e, sim, às vezes isso significa desistir de sua carreira de querer ser “o vice-presidente sénior em uma empresa” e ser o presidente de sua própria empresa.

Mas não significa mudar drasticamente sua vida ou estilo de vida para acomodar o chamado para servir, a menos que isso seja algo que você queira fazer, concorde em fazê-lo e o faça voluntariamente. Embora no meu caso isso tenha acontecido, eu tive que mudar minha carreira para atender ao meu chamado para servir.

Em 1990 comecei a trabalhar na indústria de tecnologia, projectando e implementando softwares, trabalho que eu amava e fazia muito bem. Adquiri muito conhecimento e trabalhei no progresso da minha carreira e estava perto de alcançar meu objectivo de ser uma vice-presidente sénior em uma empresa quando tive minha primeira dispensa em 1999. Isso foi seguido por várias outras demissões nos anos seguintes e a cada vez eu teria que recomeçar minha carreira. De 1999 a 2007, tive 6 grandes demissões e passei por cerca de 15 reestruturações, aquisições, fusões e fechamentos de empresas.

Em Julho de 2007, a empresa para a qual eu trabalhava foi comprada por um concorrente maior e nenhum de nós foi convidado a ingressar na nova empresa. Passei pelo processo de separação e quando cheguei em casa olhei meu último cheque de pagamento, tentando decidir o que fazer a seguir.

Eu estava cansada de ser demitida e ter que procurar empregos em um sector tão instável, mas também sabia que era hora de voltar ao meu chamado para servir, que não implicaria em ser a vice-presidente sénior em uma empresa. Então eu disse ao Arcanjo Uriel que estava pronta e meu chamado para servir tornou-se meu trabalho em tempo integral.

Então, se você está preocupado em atender ao chamado para servir, aquela vozinha que está pedindo para você compartilhar, escrever, canalizar, ensinar, curar ou servir de alguma forma, quaisquer mudanças que ocorrerem serão de sua escolha e sob seu controle, principalmente.

Admito que inicialmente senti falta da minha carreira e ainda sinto, às vezes, pois adorava o trabalho que fazia e adoro negócios e tecnologia. Mas ainda posso usá-los em meu negócio agora e, na verdade, eles me ajudaram a ter um início rápido em meu negócio, mas em seu lugar, tenho a honra de servir a todos os meus leitores e seguidores e compartilhar informações que elevam, transformam e alteram para sempre sua vida, energia e autoconsciência.

Quando recebi o chamado para servir, recusei educadamente. Embora eu tenha ficado lisonjeada pelo Arcanjo Uriel ter me procurado para compartilhar um novo corpo de trabalho e vibração para a humanidade, eu já tinha meus planos de carreira todos mapeados. Eu seria “a vice-presidente sénior de uma organização”. E eu vinha construindo minha carreira há muito tempo. Eu fiz faculdade de administração de empresas e me graduei em finanças, economia e administração de empresas.

Eu tinha uma reputação de alto nível no sector de negócios e tecnologia, era reconhecida como uma especialista no assunto em minha área e achava que meu futuro já estava determinado. Já amava o que fazia e estava compartilhando minha energia com pessoas de todo o mundo.

Bem, isso foi em 2003 e desde 1999 eu tinha percebido que o mundo da tecnologia era uma situação bastante precária e na época do nosso contacto eu estava entre empregos, tendo sido rejeitada pelo meu ‘emprego dos sonhos’ e não conseguindo encontrar um emprego.

Não se preocupe, o Arcanjo Uriel tinha um plano. Apesar da minha experiência profissional, perícia, contactos e óptimo currículo, o único trabalho que consegui encontrar foi como leitora de taro em uma livraria metafísica em Phoenix, onde eu morava na época. Agora, eu não sei nada sobre cartas de tarô, mas sou uma intuitiva talentosa e este foi meu teste em ‘confiar em minha intuição e em meus guias’ e construir o músculo espiritual que eu precisaria para fazer o trabalho para o qual o Arcanjo Uriel me seleccionou.

Eu tive uma escolha no assunto? Mais ou menos, mas não realmente. Achei que poderia recusar e não me achava a pessoa certa para a tarefa. Achei que Uriel deveria ter escolhido alguém que estudou, se preparou e realmente queria fazer isso. Embora eu sempre tenha sido muito intuitiva e sempre tenha sentido que existia naquela lacuna multidimensional entre mundos, eu estava fazendo o meu melhor para sobreviver no mundo da 3D e achava que o mundo dos negócios era a maneira de fazer isso. Eu acho que não foi.

Quando recebe o chamado para servir, você pode pensar que não é a pessoa certa e a melhor para isso, mas você é. E provavelmente não pelos motivos que você acha que aqueles que são escolhidos para servir são seleccionados. Sua experiência, história de vida, seus dons e talentos ocultos são a razão pela qual você foi seleccionado, bem como a missão da sua alma e o contrato da Fonte.

Os “mais espiritualizados” são frequentemente os menos acessíveis e relacionáveis ​​para o público a que servirão. Os seleccionados costumam ser aqueles que se auto-denominam comuns e já têm “outros planos”.

Você já recebeu seu “chamado para servir”? Não há pressa e se e quando isto ocorrer, você saberá. Apenas saiba que você é aquele que foi seleccionado porque você é a pessoa perfeita para o trabalho e como você fará isso dependerá de você. Mas você pode nomear seus termos e condições como eu fiz e compartilharei isso na próxima secção.

A parte mais desafiadora de atender ao chamado para servir é saber como iremos servir. Às vezes, refere-se a como compartilhar uma mensagem. Em outras ocasiões, é servir em um trabalho, uma comunidade, ou mesmo compartilhar um dom como arte, canto, tocar ou escrever música, ou cuidar dos outros. Temos a tendência de pensar que o chamado para servir tem a ver com canalizar e compartilhar as mensagens que ouvimos, mas isso é muito limitado. O chamado para servir nos leva aonde formos necessários e às vezes isso pode parecer um pouco estranho.

Um dos meus clientes decidiu mudar de carreira e conseguir um emprego, trabalhando em um instituto correccional. Em seguida, ela foi transferida para uma prisão de alta segurança. Ela pediu orientação e foi informada de que era ali que ela serviria. Então, ela ia trabalhar todos os dias e estabeleceu a intenção de servir quando fosse necessário.

Depois de algumas semanas, ela percebeu que muitos dos prisioneiros a procuravam com perguntas sobre espiritualidade, em encontrar paz e aprender mais sobre como ter alegria. Eles foram todos muito educados e respeitosos e estavam muito abertos para aprender, então ela compartilhou informações com eles.

Quando o Arcanjo Uriel me contactou, recusei a princípio, como já compartilhei com você. Então, quando decidi que compartilharia as mensagens e orientações que estava recebendo, tive que estabelecer algumas regras básicas e limites. Sim, eu as compartilharia, mas não faria canalização em transe e teria que usar minha própria voz e minha própria maneira de falar.

Na época, no início dos anos 2000, havia muitas pessoas que canalizavam mensagens e, na minha opinião, todas diziam a mesma coisa, todas chamavam a todos de “amados” e todas diziam coisas estranhas e usavam palavras estranhas.

Eu disse a Uriel que não faria isso. Estou muito ancorada e equilibrada entre os mundos espiritual e material e queria permanecer assim. E eu não estava confortável com isso de qualquer maneira. Eu queria compartilhar informações edificantes, inspiradoras e úteis que fossem fáceis para o meu público entender e não tão espirituais que apenas um pequeno grupo pudesse entender.

E essa foi uma combinação perfeita para a energia do Arcanjo Uriel, que é muito ancorada e directa. Igual a minha. Quando você recebe um chamado para servir, a energia corresponderá à sua, ao que você faz e é capaz. Você não terá que fazer grandes mudanças em quem você é e como você faz as coisas. Você não terá que andar descalço e usar mantos esvoaçantes, a menos que queira.

Você não terá que chamar a todos de “amados”, a menos que queira.

Você pode definir as regras e directrizes para que se sinta confortável com a energia com a qual está trabalhando e quando você a compartilha se conecta com o seu público perfeitamente, e é fácil para você e autêntico para você e para eles.

Não importa o que envolva o seu chamado para servir, nunca estará além de sua capacidade de fazer e nunca será mais do que você pode suportar ou está disposto a fazer. A princípio pode parecer improvável ou difícil de imaginar, mas se você atender ao chamado para servir, ele trabalhará com você para criar uma parceria perfeita que honre sua jornada e honre a mensagem.

Lembre-se deste aspecto importante do chamado para servir – você é o presente para as energias que chegam até você. Elas precisam de você para compartilhar suas mensagens. Sim, é uma honra ser escolhida, mas essas energias precisam de canais para suas mensagens e precisam de você. Ao dizer sim, você permite que elas trabalhem com você – não perca sua perspectiva sobre esta questão importante.

Sempre disse que não pedi meu chamado para servir e não pedi. Então eu não esperava quando ele chegou e quando o Arcanjo Uriel me contactou fiquei muito surpresa, como disse anteriormente. Minha primeira reacção foi recusar. Não com qualquer desrespeito, mas não achei que fosse a pessoa certa. Eu não estudei, não me preparei e não pedi por isso.

Quando conto essa história a alguém, e é uma que compartilho com frequência, eles ficam furiosos. “Eu teria dado qualquer coisa para ter uma chance como essa”, dizem, “não posso acreditar que você seria tão desrespeitosa com esta oportunidade”. Mas não se tratava de desrespeito, era mais sobre não entender o chamado para servir porque eu tinha ilusões e expectativas sobre isso e dentro daquele contexto eu não estava interessada.

Achava que o chamado para servir significava que você teria que ser muito “espiritualizada” e seguir os ensinamentos espirituais.

Achava que o chamado para servir significava abandonar a vida e o estilo de vida que havia criado para mim e me tornar um guru (o que eu não queria fazer).

Achava que o chamado para servir significava que eu não teria mais controle sobre minha vida.

Achava que o chamado para servir significava que eu perderia minha própria voz e teria que me tornar a voz daqueles que exigiam meu serviço.

E foi por isso que decidi que o chamado para servir não era para mim e recusei. Mas, embora muitas pessoas acreditem nessas coisas, nenhuma delas é verdadeira. O chamado para servir é um convite para expandir seus dons, talentos e habilidades para um aspecto mais elevado, para permitir que sua luz brilhe mais intensamente, para se tornar um farol de luz e estar disposto a brilhar.

No início desta jornada, em 2003, pensei que Uriel havia escolhido mal quando me escolheu porque eu não estava disposta a abandonar minha natureza, voz e princípios por um caminho mais espiritual. Mas não precisei fazer nenhuma dessas coisas e, como descobri mais tarde, foi por causa de minha capacidade de estar firmemente ancorada em minhas próprias convicções que pude servir na capacidade que me foi solicitada.

Este é outro aspecto do meu trabalho que também é necessário porque como um canal para o Arcanjo Uriel, que é o guardião da ponte da 4D e do processo de ascensão, eu tenho que estar ancorada em ambos os mundos, físico e espiritual, porque essa é a nossa missão – criar o paraíso na terra. Sempre digo que a ascensão é “uma integração, não uma aquisição”. Não estamos removendo a Terra para que o céu possa assumir o controle, estamos integrando a 3D e a 5D, trazendo energia espiritual para elevar e aumentar a frequência e vibração da Terra e da humanidade.

Portanto, em meu chamado particular para servir, tenho que estar muito firmemente ancorada em uma realidade da 3D, ao mesmo tempo em que sou capaz de acessar e integrar a energia da 5D. Isso é algo que posso fazer e fiz toda a minha vida. É também o único caminho que posso fazer de forma autêntica e com o qual me sinto confortável. E isso é outra coisa a lembrar sobre o seu chamado para servir, ele sempre estará alinhado com a sua própria autenticidade e com a sua energia.

Como é o seu chamado para servir? Pode ser algo que você esteja fazendo agora ou não, pode estar incorporado naquele novo trabalho em que está pensando, a mudança para uma nova área que deseja fazer, o livro que deseja escrever, o negócio que deseja iniciar ou o novo hobby que o atrai. Pode ser encontrado nos negócios, no direito, política, creche ou em qualquer sector em que você se sinta atraído para trabalhar ou que o inspire.

Muitas vezes perdemos o chamado para servir porque estamos procurando o caminho mais espiritual em vez daquele que nos traz mais alegria. Nosso novo caminho espiritual deve ser baseado na alegria, esta é a energia da 5D. Quando deixamos de nos concentrar no quanto espiritualizado acreditamos que esse chamado deva ser e, em vez disso, nos concentramos nas dicas de alegria que nossa alma está enviando para nós, é aí que nosso chamado se manifestará.

Nossa crença de que o caminho espiritual envolve sofrimento e dor é muito antiquada. Isso pode ter sido verdade quando começamos nosso caminho espiritual, mas não é mais verdade. Com nossa nova integração na 5D, precisamos estar abertos para receber alegria e você não pode ter alegria quando está chorando. Nosso novo chamado para servir está alicerçado na alegria e devemos exigi-la, insistir nela, estarmos abertos para recebê-la e vê-la como o único caminho que estamos dispostos a percorrer.

Responda ao chamado para servir que vem a você e não o julgue com base no fato de ser espiritual o suficiente, de exigir bastante sacrifício de você ou cumprir alguma obrigação de cura. Todos esses caminhos estão agora fechados para nós e devemos buscar o caminho mais alegre, o caminho de maior realização e o caminho de maior gratificação. Porque o chamado para servir não é uma rua de mão única, devemos estar dispostos a dar e receber. Não podemos servir em nenhuma capacidade competente quando nossa própria luz interior se extinguiu. Cada um de nós tem um poço de alegria do qual precisamos encher nossos copos e isso faz parte de nosso chamado para servir.

O chamado para servir é um serviço para a ascensão, para o trabalho de integração 3D / 5D, e é um chamado sagrado. Você nunca sabe quando seu chamado para servir virá, onde ele pode levá-lo, ou como ele mudará sua vida e caminho. Você não conhece toda a extensão da missão de sua alma até que receba o chamado para servir e sua alma esteja pronta para ajudá-lo a atendê-lo.

Brilhe, todos nós fazemos parte do grande despertar, a mudança da consciência para a percepção, do controle, domínio, separação e competição do paradigma da 3D para a criatividade, colaboração, conexão e liberdade da 5D.

E cada um de nós receberá um chamado para servir na hora certa e saberemos o que fazer e como brilhar, e a alegria será nosso farol e nossa recompensa.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Livro Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Instagram – @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet,
Psicogerador e Frequência de Cura Arco Iris 
– lecocqmuller@gmail.com
https://enlighteninglife.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

LUZ!
STELA

Fonte: De Coração a Coração

 

É EXIGIDA A ATENÇÃO PLENA

Inspiração Diária de Kate Spreckley

16 de Setembro de 2021

Estamos vivendo em um momento fenomenal onde nossa atenção plena está sendo exigida enquanto as energias que chegam trabalham para trazer algo totalmente novo e sem precedentes em nós e em nosso mundo.

As mudanças e transformações individuais que ocorrem agora estão atiçando o fogo de nossa transformação colectiva, despertando-nos a todos para uma nova visão de um novo mundo. Estamos sendo impulsionados para além do que antes era conhecido e, à medida que o velho continua a desmoronar, um novo e fértil panorama será revelado.

À medida que avançamos em direcção à Lua Cheia e ao Equinócio, um senso de urgência e um aprofundamento da importância deste tempo estão sendo sentidos. As energias que mudam radicalmente estão penetrando profundamente no âmago do seu ser para libertá-lo das garras de velhas emoções e comportamentos negativos.

Este processo tem várias camadas e é essencial que você permita que as emoções e os sentimentos venham à tona para serem liberados. Honre a dor e as feridas, testemunhe as emoções, mas permita que ocorra a limpeza desta velha energia.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Livro Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Instagram – @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet,
Psicogerador e Frequência de Cura Arco Iris 
– lecocqmuller@gmail.com
http://www.spirit-pathways.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

LUZ!
STELA

Fonte: De Coração a Coração